Amparado pela Constituição Federal Capítulo V - da Comunicação Social *Art. 220
DownLivre
Notícias
Loading...

SAÚDE

Ourém News.com | 12:21 |


CONTROLE A ALIMENTAÇÃO E PREVINA A DIABETES


M
uita gente pensa que, para evitar a diabetes, é só controlar o consumo de açúcar, evitando bolos, chocolates e outras guloseimas. O perigo, porém, não mora exatamente aí. Na verdade, o excesso de peso é um dos principais responsáveis pelo problema. Ou seja, não adianta cortar doces e ao mesmo tempo atacar sanduíches de redes de fast food e outras comidas calóricas. Além disso, a alimentação é só um dos fatores que provocam a doença, que abrangem estilo de vida e causas genéticas.
O presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes, Saulo Cavalcanti, explica que há dois casos principais da doença. A do tipo 1 atinge principalmente crianças, adolescentes e jovens. Nela, o sistema de defesa ataca as células do pâncreas que produzem insulina. "A pessoa tem picos de glicemia, o que pode provocar situação de coma. Também é comum urinar muito, prostração [ou seja, ficar abatido] e boca seca", ressalta.
Já a do tipo 2 acomete em especial indivíduos com mais de 30 anos. Tem relação com a genética e com o histórico de diabetes na família. Perda de peso, fraqueza, cansaço e tonturas são sintomas comuns nos diabéticos desse grupo. "O primeiro caso atinge cerca de 8% dos diabéticos, enquanto o segundo abrange até 92% dos pacientes", explica Cavalcanti.
Há ainda uma terceira variante, a diabetes mellitus gestacional. Ela é causada pelo aumento de hormônios na placenta que tendem a mobilizar mais glicose no sangue, explica o médico. No entanto, mulheres que apresentam a doença nem sempre se tornam diabéticas após a gravidez.
Tratamento para diabetes
Como o excesso de peso é um dos fatores principais para o desenvolvimento do tipo 2, mudar o estilo de vida pode ser uma forma eficaz de combater o problema, aconselha o endocrinologista Ricardo Amim da Costa. Adotar hábitos alimentares mais saudáveis – evitando doces e carboidratos refinados –, dar preferência a carboidratos complexos ricos em fibras e comer pouco, mas várias vezes ao dia – de 5 a 7 refeições –, são alguns dos passos.
"Comer mais frutas e verduras, diminuir o consumo de gorduras saturadas e praticar atividade física regular é essencial para se ter sucesso no controle da doença", complementa o endocrinologista.
Os que sofrem com a diabetes do tipo 1 precisarão incluir em sua rotina a aplicação de insulina por via subcutânea. "Já os dos segundo caso, além das mudanças nos hábitos de vida, poderão ter de utilizar medicações via oral para controlar a doença, e, em casos mais avançados, usar também a insulina injetável", conclui o médico.

Category:

ANUCIE CONOSCO AQUI VOCÊ É VISTO:
O único site do município de Ourém, Entre contato com o departamento comercial (91) 981575643 ou pauloprosarte@hotmail.com

Recados