Amparado pela Constituição Federal Capítulo V - da Comunicação Social *Art. 220
DownLivre
Notícias
Loading...

Ourém: terra de igarapés, música e boi bumbá

Paulo Arthur | 15:24 |


Uma terra cercada por igarapés de águas límpidas e geladas, que tem na música sua principal referência cultural. Assim é Ourém.

Uma terra cercada por igarapés de águas límpidas e geladas, que tem na música sua principal referência cultural. Fundada em 1753, a cidade de Ourém, no nordeste paraense, fica a 182 km de Belém e tem uma população de 20 mil habitantes. Ao longo de seus 262 anos de existência, ficou conhecida pelas brincadeiras de Boi Bumbá que embalam o mês de junho e pelo Festival da Canção, realizado desde 1978, sempre no mês de julho. O evento costuma atrair centenas de pessoas à cidade e já premiou importantes músicos paraenses, como Pedrinho Cavallero, Maria Lídia, Andrea Pinheiro, Deyse Adário, Ziza Padilha, Mario Moraes, Nego Nelson, Pedrinho Calado e Ivan Cardoso, entre outros.
A história do Festival da Canção Ouremense começou na época em que o Projeto Rondon, do governo federal, estava em andamento na Amazônia e levava para pequenas cidades brasileiras estudantes universitários que promoviam várias atividades sociais, dentre as quais assistência à saúde, judiciária, psicológica, cultural e esportiva. A integração desses universitários com a população foi imediata, somando-se a isso os filhos de Ourém radicados em Belém e outras cidades, que passavam férias na cidade. A partir dessa aproximação foi realizada a primeira edição do Festival, que hoje é tradição na cidade. O ano de 2015 celebra a 30ª edição do evento.
Além do Festival, Ourém também é conhecida pelas brincadeiras de boi, realizadas no mês de junho, e que tem como principal expoente Mestre Cardoso, morto em 2012. Criador do boi “Ouro Fino”, ele deixou uma diversa produção musical que inclui carimbó, xote e, claro, as toadas de boi, em mais de 300 composições.
O acesso à cidade se dá por via terrestre, com serviços de vans e ônibus intermunicipais que fazem o percurso entre os terminais rodoviários da cidade. Os famosos igarapés, que são a marca registrada do município, cortam trechos dentro e nos arredores da cidade, com destaque para o “igarapé da Tia Lôra”, um dos mais procurados. E quem aprecia o programa tem, anda, a opção de aproveitar as cachoeiras de Capitão Poço, localizado a apenas 22 minutos de Ourém.
Quem visita a cidade, não pode deixar de conferir a grande final do Festival da Canção Ouremense, no domingo, 26, que promete reunir um grande público no Complexo Cultural e Turístico do município. Os candidatos se apresentarão no Palco Permanente Tomaz Ruffeil, e concorrerão a um prêmio de R$ 7 mil, destinado ao primeiro colocado.

Da Redação
Agência Pará de Notícias
Danielle Franco
Secretaria de Estado de Comunicação

Category:

ANUCIE CONOSCO AQUI VOCÊ É VISTO:
O único site do município de Ourém, Entre contato com o departamento comercial (91) 981575643 ou pauloprosarte@hotmail.com

Recados