Amparado pela Constituição Federal Capítulo V - da Comunicação Social *Art. 220
DownLivre
Notícias
Loading...

Deputados vão visitar assentamento em Castanhal onde líder rural foi assassinada

Paulo Arthur | 07:01 |

(Foto: Divulgação)
O deputado Carlos Bordalo, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), informou aos parlamentares presentes na Sessão Ordinária desta terça-feira (09/05) que o Poder Legislativo vai levar uma comitiva para o Assentamento 1º de Janeiro, na zona rural de Castanhal, onde foi assassinada a presidente da Associação de Moradores do Assentamento, Kátia Martins. O crime aconteceu dentro de casa da líder rural na noite de quinta-feira (04/05).
De acordo com a Polícia, ainda não há pistas dos dois homens que chegaram de moto e atiraram seis vezes, na frente do neto da vítima de seis anos, em um crime com características de execução.
A Assembleia Legislativa vai fretar um ônibus para levar os deputados, representantes de todas as bancadas partidárias, além de representantes da Ordem dos Advogados do Brasil- Seção Pará; Defensoria Pública, Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos (SPDDH), Comitê Pastoral da Terra, Fetagri e Movimento dos Sem Terra (MST).
“Nosso objetivo é verificar in loco as circunstâncias em que foi feita essa ocupação, ouvir os trabalhadores sobre o crime, verificar as condições de vida e de produção dos trabalhadores assentados e qual é a situação legal dessa área de terra, além de prestar solidariedade às famílias que vivem no assentamento”, enumera o deputado Carlos Bordalo. “As informações colhidas durante a visita servirão de embasamento para uma audiência pública que vamos realizar na próxima semana”, antecipou Carlos Bordalo.
CONFLITOS – O assentamento está localizado no quilômetro 20 da rodovia PA-127, onde vivem 94 famílias, há cinco anos. Segundo a Comissão Pastoral da Terra, nos últimos dez anos, 860 conflitos agrários foram registrados, sendo que 102 pessoas foram assassinadas. Em 2016, seis pessoas foram mortas. A CPT informou ainda que esses conflitos ocorrem com mais frequência nas regiões sul e sudeste do Pará.
Fonte: Ascom Alepa

Category:

ANUCIE CONOSCO AQUI VOCÊ É VISTO:
O único site do município de Ourém, Entre contato com o departamento comercial (91) 981575643 ou pauloprosarte@hotmail.com

Recados