Amparado pela Constituição Federal Capítulo V - da Comunicação Social *Art. 220
DownLivre
Notícias
Loading...

Caso Jairo Souza - Corpo de Radialista é velado em Bragança

Paulo Arthur | 09:33 |

O
 corpo do radialista Jairo Sousa de 43 anos de idade foi velado no Salão Mortuário da Sociedade Beneficente Artística Bragantina. O corpo do profissional do microfone foi trasladado para Região do Montenegro por volta das 08h30, desta sexta (22), por decisão da família.
A chegada do corpo aconteceu por volta das 17 horas, depois de passar por procedimentos no Instituto Médico Legal em Castanhal.
De acordo com informações do Instituto Renato Chaves, hemorragia interna e o rompimento da artéria que bombeia o sangue para o Coração, além de um projétil ter perfurado o pulmão, foram o que provocaram a morte de Jairo. Ele foi covardemente alvejado, por um desconhecido, momento em que começava a subir os primeiros degraus do prédio, depois de ter fechado o portão de entrada do prédio, quando chegava para mais um dia de trabalho na Rádio Pérola FM, localizada no quarto andar do Residencial Nunes Bastos. Jairo Sousa chegou a ser encaminhado por vigilantes ao Pronto Socorro do Hospital Santo Antônio Maria Zacarias em Bragança, onde não resistiu aos ferimentos e evoluiu à óbito.

INVESTIGAÇÃO

Os trabalhos policiais começaram horas depois da confirmação da morte do Radialista e recebeu reforços da Divisão de Homicídios de Belém. Imagens de vários circuitos de monitoramento por câmeras foram solicitadas e estão sendo analisadas pelos policiais.
Diligências estão ocorrendo, mas, até o fechamento desta matéria, nenhuma informação foi repassada ou confirmada a imprensa. Pelo menos quatro Delegados da Polícia Civil, experientes em casos complexos estão trabalhando em parceria para garantir uma resposta a sociedade paraense. Nenhum suspeito foi identificado.

Pela manhã desta quinta (21), logo após o corpo ter sido encaminhado para Castanhal, informações de populares davam conta que um automóvel estaria abandonado na Rua do Trilho, bairro do Taira. O veículo chegou a ser levado à Unidade Integrada de Polícia, mas não houve qualquer ligação com o crime, segundo constatou a policia.

Diversos populares e autoridades locais, regionais e até estaduais estiveram prestando suas últimas homenagens ao radialista, que terá o corpo sepultado na tarde desta sexta na Vila de Nova Canindé. O sepultamento vai ocorrer no mesmo campo Santo onde o corpo do saudoso Lucas Gomes (CHAPE) foi enterrado.
Neste mesmo Cemitério, segundo familiares, estão sepultados os restos mortais do Pai e da Mãe de Jairo Sousa. Aliás, Dona Júlia Sousa faleceu a cinco meses, provocando comoção entre os familiares que sentem e lamentam a tragédia que vitimou o Radialista.

TRAJETÓRIA

Jairo Sousa surgiu no Rádio em Bragança. Através do Programa Caçando o brega, começou sua caminhada de sucesso na radiodifusão. Da Pérola FM no início de 90, passou pela Rádio Educadora até chegar a Rádio Princesa de Nova Timboteua. Na Rádio dirigida por Rui Reis, Jairo passou nove anos e ganhou notoriedade ao apresentar o Patrulhão 106, hoje, programa se titula Patrulhão do Nordeste do Pará. Depois resolveu retornar para Bragança, onde esteve nos últimos quatro meses de 2017 apresentava o Programa Cidade Alerta. Com uma linha diferenciada de abordar os fatos, fazia denúncias e afirmava não ter medo da morte. Depois de sua passagem pela Record TV Bragança, assinou contrato com a emissora da família Peres, onde neste dia 21 de Junho foi alvo de uma ação covarde.

Várias homenagens são direcionadas ao profissional por meio de muitos meios de comunicação, autoridades e população em geral da região.

Fonte: www.diaenoiteporai.com

Category:

ANUCIE CONOSCO AQUI VOCÊ É VISTO:
O único site do município de Ourém, Entre contato com o departamento comercial (91) 981575643 ou pauloprosarte@hotmail.com

Recados