Recents in Beach

header ads

Adolescente é resgatada de cárcere privado em casa de assaltante na zona rural de Breves, no Marajó




Uma adolescente de 14 anos foi resgatada de situação de cárcere privado em uma casa na localidade Rio Baiano, zona rural de Breves, no Marajó.
De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup), a garota estava presa na residência de um assaltante, pirata conhecido na região, que não permitia que ela retornasse ao Amapá, onde a família mora. A vítima foi a Breves para uma comemoração familiar.
Após o sumiço da filha, o pai, que mora em Macapá, fez a denúncia à Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e Adolescente (Deaca).
O resgate ocorreu na tarde de sexta-feira (8). O assaltante, segundo a Segup, fugiu ao avistar a lancha do Grupamento Fluvial (GFlu), que prestou apoio na operação. Uma arma calibre 20, utilizada em assaltos na região, foi apreendida.
Após ser resgatada, a jovem foi levada para Breves e encaminhada ao Conselho Tutelar, onde deve aguardar a chegada dos responsáveis.

Assaltante integra quadrilha, diz Segup

O homem que manteve a adolescente em cárcere é, segundo a Segup, comparsa de um segundo criminoso.
Ambos são suspeitos de cometer roubos na região e integrar quadrilha conhecida como parentes do "Espalha Brasa". As investigações continuam na região em busca do grupo.
O Major Bruno Pereira, coordenador de operações do GFlu, disse que na região são realizadas ações constantes de policiamento devido o número de ocorrências de pirataria.
"É uma área de intenso tráfego fluvial de transporte de cargas e passageiros e tem sido uma das principais zonas de atuação de piratas, conhecidos como ratos d'água", explicou.
De acordo com a Superintendência de Polícia Civil de Breves, foram identificados mais de dez piratas além de receptores de produtos roubados na região.
Até então, um suspeito foi preso; um outro foi morto em confronto com a Polícia; uma arma foi apreendida.
Por G1 PA — Belém