Recents in Beach

header ads

Catadores de material reciclável recebem equipamentos de proteção individual

Para promover melhores condições de trabalho para catadores e seus familiares, a Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) entrega a esses trabalhadores kits de equipamentos de proteção individual (EPIs). Iniciada no último dia 09 de abril, a ação já beneficiou trabalhadores das regiões de Integração do Rio Caeté, Araguaia e Marajó. As demais regiões de integração serão contempladas com a ação até o final de maio.

Os EPIs protegem os catadores no ambiente de trabalho, ajudando a preservar a saúde, porque eles lidam com materiais tóxicos, que podem penetrar no organismo pela via respiratória ou pele. “A entrega dos equipamentos vai abranger os 144 municípios. Desse modo, estamos fazendo uma força-tarefa para entregar os equipamentos ainda durante esses primeiros meses de gestão”, informou a coordenadora do Projeto Pró-Catador, Regina Macêdo.

Os trabalhadores que atuam nos lixões dos municípios de Redenção, Portel, Capanema, Augusto Corrêa e Salinópolis foram os primeiros a receber os EPIs. São mais de 126 kits de equipamentos de segurança entregues para catadores de materiais recicláveis e seus familiares.

Os próximos trabalhadores favorecidos são dos municípios de Baião, Barcarena, Cametá, Igarapé-Miri, Limoeiro do Ajuru, Mocajuba, Moju, Capitão Poço, Castanhal, Dom Eliseu, Ipixuna do Pará, Irituia, Santa Izabel do Pará, São Miguel do Guamá, Ulianópolis, Mãe do Rio, Cachoeira do Piriá, Santa Bárbara do Pará, Santa Luzia do Pará, Viseu, Abel Figueiredo, Bom Jesus do Tocantins, Breu Branco, Goianésia do Pará, Itupiranga, Jacundá, Marabá, Nova Ipixuna, Rondon do Pará, Tailândia, Tucuruí, Brejo Grande do Araguaia, Canaã dos Carajás, Curionópolis, Eldorado do Carajás, Parauapebas, Piçarra, São Domingos do Araguaia, São Geraldo do Araguaia, São João do Araguaia, Conceição do Araguaia, Ourilândia do Norte, Santana do Araguaia, Santa Maria das Barreiras, Tucumã, Xinguara, Abaetetuba, Ananindeua, Belém, Benevides, Bragança, Marituba, Paragominas, Santarém, Faro, Muaná, Primavera, Garrafão do Norte e Medicilândia.

Pró-Catador - A ação integra o Projeto Pro-Catador Ativação Pará, que tem como principal objetivo fomentar os empreendimentos econômicos solidários e as redes de cooperação técnica da categoria de catadores e catadoras que fazem a coleta de resíduos sólidos.

O secretário adjunto de Trabalho, Emprego e Renda, Miriquinho Batista, ressaltou a ampliação das ações do projeto em 2019. “Nós queremos ampliar o programa para mais municípios do Estado, pois o Pró-Catador não é um projeto qualquer. Temos muitos municípios interessados nessa ação, e nossa ideia é avançar em parceria com o Ministério Público, pois é uma ação coletiva. Além disso, queremos incluir uma política que passe por renda, capacitação e formação dos catadores”, adiantou.

Por Rodrigo Sousa

Postar um comentário

0 Comentários