Recents in Beach

header ads

Cientistas descobrem que vacina contra febre amarela ajuda a combater vírus zika

A pesquisa realizada por pesquisadores da UFRJ e da Fundação Oswaldo Cruz provou que a vacina de febre amarela protegeu camundongos do vírus. (Foto: Reprodução/Pixabay)
Cientistas brasileiros fizeram uma importante descoberta no campo do combate à doenças transmitidas por mosquitos. No início deste mês, médicos do Rio de Janeiro comprovaram que a vacina utilizada contra a febre amarela também serve como imunizador contra o vírus zika.
“Nossa pesquisa mostra que uma vacina eficiente e certificada, disponível para uso há diversas décadas, efetivamente protege camundongos contra infecção do vírus Zika”, diz os autores do artigo publicado na internet.
Um dos coordenadores do estudo, o médico Jerson Lima Silma, professor do Instituto de Bioquímica Médica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) revelou ter ficado espantado com a descoberta. “Talvez a solução estivesse na nossa frente o tempo todo”, disse em entrevista à revista Época.
A pesquisa realizada por pesquisadores da UFRJ e da Fundação Oswaldo Cruz provou que a vacina de febre amarela protegeu camundongos do vírus, reduzindo ainda seus efeitos no cérebro das cobaias.
O zika e a febre amarela são transmitidos por vírus da família Flavivírus. Sendo assim, suas estruturas biológicas são parecidas, servindo como pista para os pesquisadores darem início ao levantamento. Outro ponto que pode servir como evidência é que o Nordeste, região mais afetada pelo vírus zika, é a que tem a menor cobertura de vacinas da febre amarela no país.
O processo de pesquisa durou dois anos e o próximo passo é realizar testes em primatas. “Os resultados foram muito evidentes. A gente acredita que há uma grande chance de (a vacina da febre amarela) proteger humanos (contra a zika), já que os testes com animais demonstraram uma proteção tão forte”, completou Silva.
Fonte: br.noticias.yahoo.com






Postar um comentário

0 Comentários