Recents in Beach

header ads

Polícia prende acusado de assassinar fazendeiro em Ipixuna do Pará

Após quatro dias de investigações, o assassinato do fazendeiro Ildeval Lima Machado, 53 anos, crime ocorrido no último dia 09, na zona rural de Ipixuna do Pará, nordeste paraense foi elucidado pela Polícia Civil.
Givaldo Santos Soares do Amaral, conhecido como Tuxir, acusado de ter matado a vítima e de ter tentado violentar sexualmente a esposa do fazendeiro já está na cadeia.
A prisão foi realizada em cumprimento de mandado de prisão preventiva, realizada pela Polícia Militar, que encontrou o suspeito às margens da BR- 010.
Os PMs informaram que que ele estava baleado na perna e foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento e depois foi apresentado à Delegacia de Polícia do município. O preso admitiu ter atirado no fazendeiro, mas alegou não saber o motivo de ter cometido o crime.
Givaldo afirma ter ido à casa da vítima  para pedir uma carroça emprestada. As investigações começaram dia 9, quando uma equipe de policiais civis da 13ª Seccional Urbana de Paragominas foi deslocada para verificar uma ocorrência de homicídio na Fazenda/Sítio Talismã, localizada na zona rural do município de Ipixuna do Pará.
A esposa da vítima foi amarrada durante a ação criminosa. Após matar o fazendeiro, o assassino fugiu levando R$ 400 e o carro da vítima. Givaldo Amaral confessou ter tentado violentar a esposa de Ildeval, deixando-a amarrada no galinheiro da propriedade rural.
Ela conseguiu se soltar e ligou para algumas pessoas, pedindo ajuda. No caminho da rota de fuga, o assassino tentou retornar com o veículo para o local do crime, porém o carro atolou em uma vala na estrada da propriedade.
O criminoso então retornou a pé à fazenda para tentou mudar a cena do crime, movendo o corpo da vítima de lugar, limpando o sangue e recolhendo estojo (cápsula) deflagrada. Alguns moradores das redondezas reconheceram o carro da vítima atolado e foram até a fazenda verificar o que tinha ocorrido.
Foi quando encontraram a vítima morta. De imediato, a testemunha confirmou que o autor do crime foi Tuxir, que trabalhava e morava na fazenda vizinha, cujo proprietário trabalha no município de Paragominas.
Uma guarnição da Polícia Militar foi até a fazenda com a ajuda de um guia e ainda chegou a realizar rondas, mas não conseguiu localizar o criminoso.
A ordem de prisão foi deferida judicialmente e cumprida, após o suspeito ter sido encontrado às margens da Rodovia BR 010.


Com informações da Ascom - Polícia Civil









Postar um comentário

0 Comentários