Recents in Beach

header ads

Polícia Civil do Pará conta com única mulher delegada a entrar na Força Nacional este ano



A Polícia Civil do Pará conta com a única mulher delegada do país, a ingressar, este ano, na Força Nacional de Segurança Pública (FNSP). Ela está entre os policiais mobilizados da área operacional a atuar em território nacional. A delegada Andrezza Franco e mais cinco policiais civis do Pará concluíram, em 30 de maio, a 12ª INC (Instrução de Nivelamento e Conhecimento), da FNSP, realizada no Batalhão Escola de Pronto-Emprego (BEPE), na cidade satélite de Gama, no Distrito Federal (DF).
Além da delegada, concluíram a INC, o delegado Tiago Belieny; o escrivão Dilton Pantoja; os investigadores Davidson Amoras e Gabriel Naify e o papiloscopista Anderson Dilarin, todos da Polícia Civil paraense.
A INC visa capacitar os profissionais de Segurança Pública das Unidades da Federação a utilizarem conceitos, técnicas e procedimentos padronizados pela FNSP, em ações conjuntas e integradas, especialmente em atendimento ao Plano Nacional de Segurança Pública. Os novos integrantes da Força Nacional são oriundos de 24 Estados. Foram formados, no total, 116 policiais militares, 51 policiais civis, além de 07 profissionais de Perícia e Papiloscopia.
Os policiais civis do Pará chegaram à Gama, no Distrito Federal, em 29 de abril deste ano, após abertura de vagas para ingresso de novos policiais na FNSP. A INC iniciou em 06 de maio e teve duração de aproximadamente 30 dias. Nesse período, os policiais civis e militares cumpriram uma grade curricular extensa, com diversas atividades teóricas e práticas.
O curso totalizou 178 horas/aula realizadas no Bolsa Estágio de Pesquisa no Exterior (BEPE). Após aprovação na INC, todos os policiais já ficaram aptos a participar das diversas ações policiais coordenadas pela FNSP em qualquer cidade do país. A maioria dos policiais permanecerá no Distrito Federal para realizar atividades extra-curriculares à disposição do Ministério da Justiça e da Segurança Pública.
Os policiais civis do Pará já foram deslocados para as cidades em que atuarão e que fazem parte do Programa de Enfrentamento à Criminalidade Violenta do Governo Federal, como, por exemplo, Goiânia (GO), Paulista (PE), São José dos Pinhais, no Paraná, entre outras, com permanência inicial até o final de outubro deste ano, podendo ser prorrogada, conforme necessário. Os policiais civis terão atribuição de atuar como Polícia Judiciária, em apoio às Polícias Civis dos Estados brasileiros e do Distrito Federal.
(Polícia Civil)





Postar um comentário

0 Comentários