Recents in Beach

header ads

52 anos educando cidadãos ouremenses escola Padre Ângelo Moretti esta a 30 dias de encerrar suas atividades

Foto: Internet

Destaque – Seduc determina o encerramento do contato com a Diocese de Bragança, órgão responsável pela escola.



U
ma notícia pegou muitos ouremenses de surpresa nesta quinta-feira (12/09), quando cópia de um oficio da SEDUC (Secretaria de Estado de Educação do Estado do Pará), circulou nas redes sociais que a mais tradicional escola do município de Ourém, Padre Ângelo Moretti, estaria sendo desocupada conforme a clausula (7.0 contrato de nº 29/2009) entre os dois órgãos.
Hoje a instituição escolar abriga 1.018 alunos matriculados, da sede do município e da Zona Rural, que fazem a formação fundamental na escola, aja visto que o ensino médio há anos não passou ser mais responsabilidade da instituição.
A situação do fechamento do estabelecimento escolar, com muitas histórias e formações de cidadãos, levaram alguns pais a recorrerem à justiça para garantir aos filhos o direito garantido em Lei, a educação. Alguns pais, dizem que as outras escolas da rede estadual não comportam os 1.018 alunos que deixariam o prédio da escola Ângelo Moretti.
As autoridades politicas locais ate o fechamento da matéria não haviam publicado nenhuma nota oficial. Foi publicada pelas redes sociais uma nota esclarecendo que a Paroquia de Nossa Senhora da Conceição não tem qualquer responsabilidade das atividades da referida escola, ao ponto de ser submetida culpa pelo fechamento da escola.
A Nota fala o seguinte.

Nota de esclarecimento após notícia publicadas por radialistas sobre o fechamento da E.E.E.F P.E. ÂNGELO MORETTI

A Escola Estadual de Ensino Fundamental Padre Ângelo Moretti, localizada, no município de Ourém, funciona em um prédio da Diocese de Bragança-Pa, na época foi erguido pelos padres Barnabitas, padres estes que atuaram vários anos como párocos na cidade de Ourém, o prédio onde hoje funciona a escola era usado como alojamento para os padres Barnabitas e de outras congregações quando havia retiros espirituais na paróquia de Ourém, após a saída dos padres Barnabitas o prédio ficou sem uso por algum tempo.
Com o crescimento da cidade notou-se a necessidade da fundação da uma escola que atendesse a população ministrando aulas de ensino fundamental e médio, como na época o município não tinha recursos para a construção de uma escola ampla  para atender a população então foi criado um contrato de aluguel do prédio entre o Governo do Estado do Pará e a Diocese de Bragança-Pa onde até hoje a escola funciona.
Sobre o suposto fechamento da referida escola pouco se sabe, notícias sem nenhum fundo verídico comprovado circulam dizendo que o estado propôs para a Diocese uma redução no preço do aluguel, tendo em vista que a Diocese não aceitou a proposta então supostamente estaria com seus dias contados.
Por sim, deixa-se destacado nesta nota que o pároco de Ourém, Pe. José Sidney e a Paróquia, localizado cidade de Ourém que lhe foi confiada pela Santa Apostólica não tem absolutamente nenhum vínculo com o contrato entre o Estado e a Diocese, por tanto, não pode ser responsabilizado pelo suposto fechamento da referida escola.

A notificação sobre a desocupação do prédio foi encaminhado através do ofício de nº 368/2019-GPI/Sale/Seduc, datado em 06 de setembro de 2019, encaminhado as Obras Sociais da Diocese de Bragança, representante do imóvel onde esta a E.E.E.M Padre Ângelo Moretti, assinado pela Secretária Adjunta de Logística Escolar – Sale/Seduc, Dina Elarrat
Por: Paulo Bragança 











Postar um comentário

0 Comentários